A Chama Dançarina

postado em: Poesia | 0

Eis a mais bela das dançarinas das noites encantadoras
que me faz suspirar sob cada brilho do luar
Seus movimentos me animam e me paralisam
e enchem de água todo o meu paladar
Fazendo de cada momento, lembrança duradoura

Chama dançarina, que me faz dançar
Sobre o ninho de amor, me faz uivar
Em todas as noites, quero me entregar
me fazendo gozar, por completa felicidade
Juntos, nós dançaremos, com gosto total

Sua dança estonteante me provoca incêndios
Um incêndio de sensações e provocações
Me dá arrepios em todos os momentos
me deixando na total loucura e excitação
Por todos os dias, contigo quero dançar

Danças promiscuamente sobre o meu corpo
Depois eu danço me compenetrando em ti
Assim, extraio de ti, toda a tua seiva
E com meu néctar, gozaremos do grande paladar
E assim dançamos até a próxima alvorada

Do calor de nossa dança te amarei pra sempre
No calor de nossa dança, me entrego a ti
Sob o calor de nossa dança, nós somos um
É o momento do paraíso entrar em nossa mente
Para que o nosso amor seja sempre ardente.

Seguir Fábio Valentim:

Analista de Sistemas e Escritor

Uma pessoa que está sempre disposta a acreditar nos sonhos, no amor e na felicidade até as últimas consequências. Sou proprietário e editor-chefe do Baú do Valentim.