Redes Sociais, Bate-Papo e Solidão

Você tem milhares seguidores no Twitter e centenas de amigos no Facebook, e mesmo assim se sente só?
Você tem milhares seguidores no Twitter e centenas de amigos no Facebook, e mesmo assim se sente só?

A internet trouxe novos mundos e novos horizontes. Nos permite conversar com pessoas que estão em lugares muito distantes, manter contato com familiares e amigos, que estão a milhares de quilômetros de distância, a um custo muito baixo, dando muita liberdade em ficar no tempo o que quiser para navegar. A internet formou uma nova sociedade. Grandes distâncias passaram a ser suprimidas no mundo de bits e bytes, tornando-se cada vez mais inexistentes. Podemos conversar com as pessoas do outro lado do mundo, como se elas estivessem bem ao nosso lado. Como eu tenho dito em anteriormente, as pessoas passaram a se afastar dos que mantém contato fisicamente. É comum ver na nossa sociedade, vizinhos que não se comunicam, muito mal para dar um bom dia. As pessoas passam a ignorar umas as outras, tornando-se invisíveis.

Redes sociais e bate-bapos virtuais trazem solidão? Pode dizer que sim, como pode dizer que não. O problema nos relacionamentos humanos, não estão de fato nas redes sociais e sim, da forma em que as redes sociais estão sendo tratadas e vividas. Elas possuem muitos atrativos e são muito sedutoras. Primeiramente, era uma ótima forma de rever seus velhos amigos do colégio ou da empresa em que trabalhava há muito tempo, mas depois passou a ser uma grande forma de fazer muito amigos, manter contatos profissionais e até mesmo compartilhar ideias, tornando-se popular. Redes sociais não somente trazem solidão, como também formam  até relacionamentos amorosos entre duas pessoas geograficamente distantes. Eu mesmo presenciei esses casos. E estes têm mais chances de encontrar sua chamada “alma gêmea”, do que na rua.

Mas há aqueles que por causa da solidão vivem enfurnados dentro das redes sociais, desligando totalmente da realidade. Poucos são os que têm coragem de transformar a amizade virtual em real, infelizmente. Eu, particularmente, incentivo e estimulo a prática de encontros presenciais entre amigos virtuais, pois acho uma forma muito saudável de manter uma relação fortalecida. Muitos que querem serem populares ou até mesmo os que conseguem isso, fazendo autopropaganda, pedindo pra adicionar como amigo ou seguindo de volta, acabam tendo a ilusão de que são muito amados e respeitados, o que não é verdade. Usar redes sociais apenas para fazer números e ostentar que tem muitos amigos e seguidores, não é uma garantia de amor e respeito das pessoas por você. Por isso deve se lembrar do real motivo de se ter números elevados.

Por isso, passamos a exercer a arte da invisibilidade o tempo todo, e isso se torna mais evidente na era das redes sociais em que os que estão longe são melhores que estão perto. Admiramos mais as pessoas que estão distantes, há quilômetros de nós, do que nossos vizinhos, na qual vivemos reclamando o tempo todo e nos chateando. Também existem relações que se tornam conturbadas, depois do primeiro encontro, aumentando ainda mais o receio de transformar a amizade virtual em real, e vivermos num mundo fechado, onde os nossos amigos e seguidores das redes sociais são pessoas perfeitas e que daria tudo para que os mesmos fossem vizinhos de rua. Mas você parou para perguntar que a admiração, o carinho e o respeito será o mesmo, se todos virassem seus vizinhos e pudesse encontrar todos os dias?

A solidão é um grande mal em nossa sociedade, onde deixamos de ser pessoas para serem apenas números. Muitos querem a popularidade, com a quantidade, mas não se preocupam com a qualidade destas mesmas relações que estão cada vez mais escassas. Quem sabe podemos olhar com outros olhos os nossos vizinhos, pois mal sabemos o que nossos amigos virtuais fazem no “mundo real”.
Tweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInShare on VKShare on TumblrPin on PinterestEmail this to someone
  • http://voudeblog.blogspot.com Luciana Gomes

    Oi Fabio! Obrigada por autorizar! Gosto muito dos seus textos, inclusive, se vc me permitir, quero divulgar o seu novo livro la no Vou-de-Blog.
    Bjos.
    Lu

  • http://voudeblog.blogspot.com Luciana Gomes

    Oi Fabio! Obrigada por autorizar! Gosto muito dos seus textos, inclusive, se vc me permitir, quero divulgar o seu novo livro la no Vou-de-Blog.
    Bjos.
    Lu

  • https://www.blogger.com/profile/05949614410429592312 Fábio Valentim

    Beleza então. Vou ficar muito grato. Beijos.

  • https://www.blogger.com/profile/05949614410429592312 Fábio Valentim

    Beleza então. Vou ficar muito grato. Beijos.

  • Anônimo

    Encontrei alguém muito especial na minha vida através do twitter , nos falamos por um tempo , e enfim nos encontramos . antes não acreditava nessa possibilidade , de encontrar alguém através de redes sociais e ser feliz com essa pessoa, mas fui pega , amo muito ele e o contato virtual é que nos aproxima ainda mais , pra mim ao invés de solidão as redes sociais me trouxeram o meu grande amor

  • Anônimo

    Encontrei alguém muito especial na minha vida através do twitter , nos falamos por um tempo , e enfim nos encontramos . antes não acreditava nessa possibilidade , de encontrar alguém através de redes sociais e ser feliz com essa pessoa, mas fui pega , amo muito ele e o contato virtual é que nos aproxima ainda mais , pra mim ao invés de solidão as redes sociais me trouxeram o meu grande amor