Viva o Ativismo de Sofá!

A internet está sendo um meio importante para se construir um mundo mais justo…
A internet está sendo um meio importante para se construir um mundo mais justo…

As redes sociais, com o passar do tempo, deixaram de ser simplesmente um lugar de ser um encontro de amigos, de desejar uma ótima semana ou mandar cartõezinhos falaciosos cheios de fofuras e poesias. As redes sociais passaram a se tornar uma importantes ferramentas de mobilização social e ativismo virtual, que gera mais resultados e influências muito maiores que instituições e organizações não-governamentais que antes promoviam. O ativismo de sofá, como muitos costumam chamar, está derrubando ditadores em todo mundo, socorrendo vítimas de tragédias, ajudando a combater a violência e colaborando para uma construção de uma nova sociedade, um mundo melhor.

Isso nos faz perceber que uma nova sociedade que está sendo formada com as redes sociais, é uma sociedade livre, que não depende de organizações ou de qualquer outro poder centralizador, ou seja, a época de manifestações centralizadas acabou. Claro que isso se iniciou em blogosfera e isso ainda se tornou claramente forte, mesmo com o sucesso das redes sociais, pois a blogosfera passou a ser parte integrante do ativismo e independente das mesmas redes, pois elas não dependem delas, por mais integradas com as mesmas redes sociais, cada vez mais presentes.

Vemos cada vez mais frequentes marchas e manifestações pelo mundo afora, manifestações independentes das mesmas organizações, cada vez mais manipuláveis pelos poderosos ultimamente, fugindo e deturpando seus próprios ideais, em nome de certos interesses. O novo papel das redes sociais fez com que as mesmas organizações, que por muito tempo dominavam até as mentes mais livres, a repensarem em seus conceitos. Como eu disse em alguns artigos, isso fez com que todos sejam formadores de opinião. Não existe mais uma sociedade de espectadores e sim de atores.

Então, que viva o ativismo de sofá, que viva a liberdade de expressão e a independência que blogosfera e as redes sociais promovem para sociedade, formando uma nova ordem mundial. As mesma ferramentas nos mostra que não dependemos de poderes centralizadores, pois a natureza da internet é ser neutra e descentralizadora, por mais que os governos, ameaçados por esse ativismo tentem acabar com essa maravilha. Mas é claro que isso não seja manipulável, pois os mesmos agentes que controlavam as grandes organizações por décadas estão procurando meios de controlar e até ter domínio desta corrente, o que gera uma ditadura do politicamente correto e que devemos estar bem atentos a isso.

Seguir Fábio Valentim:

Analista de Sistemas e Escritor

Uma pessoa que está sempre disposta a acreditar nos sonhos, no amor e na felicidade até as últimas consequências. Sou proprietário e editor-chefe do Baú do Valentim.